HOME    -    QUEM SOMOS    -    SERVIÇOS    -    VÍDEOS    -    E-BOOKS    -   CONTATO
  ATENDIMENTO | A quem se destina...  
 


 
  COMO PROCEDER

Passo 1 .O atendimento é solicitado através de um cadastro feito no ícone na parte superior da pagina “clique aqui e marque sua consulta”.

Esteja atento ao tipo de consulta que diferencia atendimento feito a brasileiro residente no Brasil e no Exterior.

Passo 2. Você será direcionado para o pagseguro (atendimento feito a brasileiro residente no Brasil) ou ao paypal (brasileiro residente no exterior)
 
  ATENDIMENTO

O atendimento do COM VOCÊ PSICOLOGIA destina-se a pessoa maiores de dezoito anos*, que atravessam situações pontuais em que um conflito ou sofrimento esteja presente, relacionados com a vida afetiva, sexual e familiar, estados de ansiedade e/ou depressão, dificuldade de integração social, perdas, rompimentos e mudanças em decorrência de situações profissionais, doenças pessoais ou de familiares e pessoas próximas, que causem impactos ou mudanças no relacionamento para consigo mesmo ou para com os outros.

Também podem ser beneficiadas com o atendimento on-line, pessoas com dificuldade de deambulação e/ou locomoção, pessoas em trânsito ou que residam em outros países em que a língua estrangeira se constitua como barreira temporária para o acolhimento de sua demanda pelos serviços de saúde locais, bem como pessoas que residam em municípios em que a oferta de serviços se demonstre ausente ou insuficiente.

* Para atendimento a pacientes abaixo de 18 anos, será necessária uma autorização com consentimento dos pais ou responsáveis pelo menor e documentos que comprovem o vínculo.

 
  LEGISLAÇÃO

O Conselho Federal de Psicologia legislou acerca dos serviços psicológicos mediados por computador através da Resolução CFP nº 003/2000, de 25/09/2000. Desde então, as diretrizes legais que regulamentam esses serviços, tem sido aperfeiçoadas continuamente. A Resolução CFP nº 11/2012, de 25/06/2012 é a normativa que atualmente regula essa matéria, através da qual todos os serviços psicológicos realizados por meios tecnológicos de comunicação à distância são regulamentados pelo CFP e fiscalizados pelos Conselhos Regionais.

Os serviços psicológicos mediados por computador devem ser prestados por psicólogos formados e inscritos no Conselho Regional de Psicologia, norteados pelos preceitos do Código de Ética Profissional dos Psicólogos, através de sites devidamente credenciados.
 
  MISSÃO

Este site é dedicado à prestação serviços psicológicos realizados por meios tecnológicos de comunicação à distância, em conformidade com a Resolução 011/2012 do Conselho Federal de Psicologia e com o Código de Ética Profissional dos Psicólogos.
 
  SIGILO PROFISSIONAL

O Psicólogo em qualquer contexto de atuação deve zelar por sua profissão, cumprindo e respeitando o código de ética profissional. A confidencialidade de dados é resultante da sua ética. O não cumprimento do sigilo profissional acarretará infração grave perante os órgãos fiscalizadores da profissão no país (CFP e CRP).

O anonimato, o sigilo, e confidencialidade de informações da vida do cliente são obrigações, e deveres de qualquer Psicólogo, ainda, que no ambiente virtual.

Entretanto, cabe ressaltar que, o atendimento por meio de vídeo, não dispõe de garantias absolutas no que tangencia a segurança de dados, pois o meio eletrônico está sujeito a violações que, muitas vezes, independe da conduta profissional do Psicólogo. A vulnerabilidade é algo a ser considerado, por conseguinte torna-se necessário que o usuário certifique-se, que seu computador tenha programas para assegurar a segurança de seus dados e apenas utilize computador privado. Após ter certeza que seu computador está sem programas espiões, é necessário apagar todos os históricos de conversas, por exemplo, registrados nos chats.

Enfim, o usuário da terapia online, deve evitar computadores de uso coletivo, tais como: Lan- house, cyber cafés, bibliotecas, universidades ou computadores de terceiros.


 

 
 


Conselho Regional de Psicologia-MG – CRP04

Código de Ética Profissional dos Psicólogos

Conselho Federal de Psicologia - CFP

Resolução CFP nº 11/2012, de 21/06/2012